terça-feira, 21 de agosto de 2012

Hoje eu faltei, e tudo faltou.



Hoje eu passei o dia deitado, 
não quis acordar e me deparar com um fracassado no espelho, 
preferi esperar anoitecer, me sinto menos patético a noite, 
hoje é um daqueles dias que eu quero que termine logo, 
esse mês é um daqueles que eu esperava hibernar, 
e só acordasse quando ele passasse...
Se eu fosse embora, você lembraria de mim?
Se eu nunca mais voltasse, ou se eu parasse de respirar,
você lembraria que eu estive aqui?
Se o mundo me carregasse pra longe, ou se a morte viesse sorrateira, 
dizendo que chegou a minha hora, você lembraria de sentir minha falta?
Porque eu sinto falta, de alguém, que sinta a minha falta. 
Pois, hoje eu faltei, e tudo faltou. 



2 comentários: